VERSÃO IMPRESSA
anteriores
EM CAMPO LARGO 14º | 22º
Terça-feira | 12 de Dezembro de 2017 10:22

Recordar é Viver

Em 1958 foi realizado o 11º Campeonato Regional de Fute­bol, e antes de uma partida no então campo do Fanático o time do Tigre posou para a foto que hoje ilustra esta matéria.

Por: Lauro

 

Em 1958 foi realizado o 11º Campeonato Regional de Fute­bol, com o patrocínio e orga­nização da então Liga Regional de Futebol Campo-Larguense, que tinha como seu presidente o Sr. Adalberto Antonio Cecatto (de saudosa memória) e contou com muitas equipes.

De Campo Largo: Interna­cional, Fanático, Agremiação Esportiva Porcelana Steatita, 18 de Copacabana e União Ferraria. De Palmeira: Ipiranga, Juventude e Cano. De Porto Amazonas: C.A. Renascença. Da Lapa: União. Campo Com­prido: Bloco Esportivo Campo Comprido. De Curitiba: Real. De Balsa Nova: Corcovado.

E o campeão foi o time do Real E.C., que ti­nha como seu presidente o Valdomiro Rauth (de saudosa memória).

Naquele campeona­to, Internacional E.C., que tinha como presidente o Luiz Andreassa (de saudosa memória) formou um grupo for­te de atletas mas mesmo assim não foi possível a conquista do título.

Antes de uma partida no então campo do Fanático (da família Cavali, onde atualmente esta a TVS Eletrônica do Pedri­nho) o time do Tigre posou para a foto que hoje ilustra e deu ori­gem a esta matéria e que per­tence ao álbum de recordações de Waldemar Bassani.

Estão na foto em pé Ilinor José Cavali, Waldemar Bassa­ni, José Pereira de Lima (Juca do Chapéu de saudosa me­mória), Antonio Cezar Torres (Bauer de saudosa memória), Enedi Borges de Carvalho (de saudosa memória), Antonio Borges de Carvalho (Borginho de saudosa memória). Agacha­dos estão Erol Cavali, Omar (atleta de Curitiba), Fernando Castagnoli (Nando de saudosa memória), Darlei Antonio Paro­lim e Aloísio Santos Borges de Carvalho.

De todos que estão na foto, é do nosso conhecimento que vivem Ilinor, Waldemar, Erol, Darlei e Santo, os demais são de saudosa memória.

Os que vivem, ao verem e lerem esta matéria, irão sentir uma grande saudade do timaço Alvinegro de 1958 e dos fale­cidos seus familiares sentirão uma saudade ainda maior.

 

São passados exatamente 59 anos e nos ficou a foto e o nosso agradecimento muito especial ao Waldemar Bassani pelo empréstimo.

707 visitas








Sua Opinião