VERSÃO IMPRESSA
anteriores
EM CAMPO LARGO 16º | 27º
Sexta-feira | 26 de Maio de 2017 08:05

Câmera de monitoramento melhora segurança no Calçadão

Trata-se de um equipamento ultramoderno, com alta resolução e grande poder de “zoom” (aproximação), além de altofalantes com capacidade de interagir com as pessoas até cerca de 100 metros de distância.

Por: Luis Augusto Cabral

29/12/2016

A câmera de monitoramento instalada pela Associação Comercial e Industrial de Campo Largo, no cruzamento das ruas XV de Novembro com Rui Barbosa, no início do mês, começou a funcionar no dia 15 e já contribui para melhorar a segurança naquela região da cidade. Trata-se de um equipamento ultramoderno, com alta resolução e grande poder de “zoom” (aproximação), além de altofalantes com capacidade de interagir com as pessoas até cerca de 100 metros de distância.

O monitoramento é feito pela Polícia Militar, na 3ª Cia., Sala de Rádio, de onde os policiais observam tudo o que acontece na XV de Novembro e em parte da Rui Barbosa. A câmera tem seis posições em 360º graus e foca até detalhes como o que a pessoa tem nas mãos. Os altofalantes servem para os policiais chamarem a atenção dos cidadãos que, por exemplo, trafegam em bicicletas pelo calçadão, o que é proibido.



 

Segurança
O capitão Alves, comandante da 3ª Cia., disse que o monitoramento por câmera melhorou muito as condições de segurança daquela parte da cidade. “Com a câmera, não precisamos estar presentes fisicamente, para garantir a segurança da população. Em caso de necessitarmos da presença de uma equipe, o deslocamento será mais rápido e fácil, pela visualização em tempo real, da ocorrência”, explicou ele.

O comandante falou, ainda, do reforço no policiamento da cidade, nesse período de final de ano. “Os alunos-soldados liberados para trabalhar nas ruas compõem o reforço do efetivo, muito importante nesse período de muita gente nas ruas e muito dinheiro em circulação. Não é todos os dias que os 30 alunos estão nas ruas, mas eles têm estado com frequência na cidade, ajudando no policiamento”, garantiu.

Quanto à câmera, o comandante da PM local disse que o ideal é que mais equipamentos como esse sejam  instalados na cidade, para dar mais segurança para a população.

Campo Largo tinha um sistema de monitoramento por câmeras que funcionava bem, mas que está parado desde 2014, quando ocorreu a chuva de granizo em 17 de outubro. A tempestade atingiu os computadores que ficavam na sede da Guarda Municipal e não foram repostos, ficando desligado desde então. Somente consegue-se aproveitar o sistema de fiba ótica pela cidade, para ser utilizado em uma próxima rede.

6866 visitas








Sua Opinião