VERSÃO IMPRESSA
anteriores
EM CAMPO LARGO 18º | 28º
Segunda-feira | 22 de Janeiro de 2018 12:11

Polícia Rodoviária Federal revela balanço de Operação de Final de Ano

Os dados foram colhidos entre os dias 22 de dezembro e 01 de janeiro no trecho da BR-277 que compreende Campo Largo e Balsa Nova

Por: Caroline Paulart

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou os dados do balanço da Operação de Final de Ano nas rodovias que cortam o estado do Paraná. Nos trechos da BR-277, que cortam Campo Largo e Balsa Nova, entre os km 99,8 e 144, a PRF constatou alguns atendimentos. O período divulgado compreende entre os dias 22 de dezembro e 01 de janeiro.

Durante esse período foram registrados 15 acidentes, com duas pessoas feridas gravemente, mas nenhum óbito foi constatado. A PRF também realizou cinco prisões de indivíduos com Mandado de Prisão em aberto, além de mais uma pessoa estar cometendo o crime de contrabando.

Foram flagrados 528 veículos transitando acima do limite de velocidade. A multa por exceder o limite de velocidade é variável, pois há três configurações: acima de 20% do limite de velocidade, que acarreta em R$ 130,16 e quatro pontos na CNH; multas por exceder o limite de velocidade entre 20 e 50%, com multa de R$ 195,25 e cinco pontos na CNH e acima de 50% do limite de velocidade, na qual o motorista leva multa de R$ 880,41, sete pontos na CNH, apreensão e suspensão da habilitação.

Uma pessoa foi pega dirigindo alcoolizada. Essa atitude é considerada um crime de trânsito e a tolerância é zero. Motoristas que forem pegos nessa situação recebem uma multa gravíssima – valor de R$ 2.934,70 – poderá ter sua suspensão do direito de dirigir por até 12 meses. O motorista terá o veículo retido até que um condutor habilitado – que também passará pelo teste do bafômetro – se apresente para dirigir o veículo. A CNH do condutor embriagado também ficará retida pelo prazo mínimo de 24 horas.

Quatro crianças estavam sendo transportadas fora da cadeirinha. Para esse caso, o Código de Trânsito Brasileiro traz que a multa para este tipo de infração é gravíssima e punida com R$ 293,47 e sete pontos na CNH.

Dois motoristas estavam dirigindo com a carteira suspensa. Para ter a carteira suspensa, os motoristas já devem ter cometido uma série de infrações, que somadas totalizam 20 pontos ou mais, ou também pode ser causada por infrações suspensivas, que de imediato suspendem o direito de dirigir. O período de suspensão é variável, entre dois meses até dois anos. A suspensão não acontece de forma automática, e o órgão competente tem até cinco anos para o envio da notificação quando o motorista atinge os 20 pontos. Após recebido, o motorista deve entregar sua habilitação no Detran (Departamento Estadual de Trânsito), realizar curso de reciclagem e retirar sua habilitação novamente no mesmo local onde deixou.

Dirigir com a habilitação suspensa pode agravar a situação do motorista. Ele receberá uma multa no valor de R$ 880,41 e terá a habilitação cassada, perdendo o direito de dirigir por dois anos. Além disso, ele ainda precisará refazer o processo da primeira habilitação, passando por todas as aulas e exames.

Contudo, vale lembrar que é direito de todos os motoristas recorrerem das multas, sendo ele auxiliado por um advogado de sua confiança e preferência.

Rodonorte

A Rodonorte ainda não realizou o fechamento da Operação de Final de Ano nas rodovias administradas pela mesma. O fechamento será feito apenas após o dia 08 de janeiro, pois a operação ainda estava em curso até o dia 07.

7663 visitas








Sua Opinião