VERSÃO IMPRESSA
anteriores
EM CAMPO LARGO 18º | 28º
Segunda-feira | 22 de Janeiro de 2018 12:15

Cidadão quer voltar a ter mais confiança no Poder Público

São inúmeros os problemas para não vermos efetivamente as coisas andarem como deveria ser. Além da falta de recursos, ou muitas vezes apenas falta de projeto, tudo é muito burocrático, tudo demora a acontecer e assim vão se passando anos e anos na mesma situação

Por: Redação

Não é de hoje que a Folha de Campo Largo recebe dos leitores muitos questionamentos sobre diversas situações na cidade, principalmente quando se trata de Saúde e Infraestrutura.

O jornal é um porta-voz daqueles que não encontram saídas para receber melhorias que lhes são de direito. As reclamações são frequentes e provavelmente - e infelizmente - continuarão acontecendo. São inúmeros os problemas para não vermos efetivamente as coisas andarem como deveria ser. Além da falta de recursos, ou muitas vezes apenas falta de projeto, tudo é muito burocrático, tudo demora a acontecer e assim vão se passando anos e anos na mesma situação.

Algumas vezes também é preciso compreensão da população, de que existem prioridades, de que o problema é de longo tempo e aos poucos pode ir melhorando. A verdade é que de forma geral o cidadão já não consegue acreditar na melhora, não vê muita esperança. Entra ano e sai ano e a situação se repete.

Nesta semana estamos detalhando diversas reclamações dos nossos leitores sobre o Centro Médico Hospitalar. Algumas denúncias graves e também algumas indignações, mas que nem sempre é papel do órgão envolvido. Uma das reclamações no CMH, por exemplo, é pela estrutura antiga, que já não comporta mais atender a demanda existente. É preciso mais investimento.

Também é preciso admitir que tem que se entender melhor o que é responsabilidade de cada departamento ou órgão, para então saber o que podemos cobrar. Às vezes queremos algo, mas que não pode ser exigido por não ser da competência daquele setor.

Alguns campo-larguenses perderam a confiança nos profissionais, naqueles que nos representam, e isso precisa voltar a ser conquistado, o que só vai acontecer quando se puder ver e sentir as mudanças. Queremos sentir na prática, não ficar com um pé atrás quando buscarmos um atendimento médico.

Queremos viver uma realidade de não precisar ser solicitado manutenção nas vias, viver em um tempo que as vagas nas escolas sejam garantidas para todos, que exista incentivo ao esporte, mais espaço público com estrutura para o lazer etc.

Como veículo de comunicação, buscamos fazer nossa parte na divulgação do que o povo quer e merece. Também tentamos apresentar as justificativas e torcer para que existam projetos e respostas otimistas. Vamos confiar!

15006 visitas








Sua Opinião