VERSÃO IMPRESSA
anteriores
EM CAMPO LARGO 14º | 29º
Quarta-feira | 20 de Setembro de 2017 08:01

Pichação contra Temer teimava em aparecer


Por: Jhonatan

12/09/2016

Uma pichação contra o governo Temer, na “saia” do palanque oficial do desfile de Sete de Setembro, em Campo Largo, causou uma grande dor de cabeça para os organizadores do evento. Primeiro que a espécie de cortina que escondia a madeira que sustentava o palanque, um pano preto colocado no local ainda na madrugada do dia 07, amanheceu pichado, bem no centro, com uma frase escrita com tinta spray branca, contra o governo Temer.

Ainda nas primeiras horas da manhã, enquanto arrumavam os últimos detalhes para o desfile, que começaria dentro de alguns minutos, funcionários notaram o problema. Ficaria feio deixar ali aquela inscrição, que nada tinha a ver com as comemorações da Independência do Brasil. Como fazer para apagar a pichação? Perguntaram entre si. Não havia tinta preta disponível, o comércio fechado, resolveu-se então usar um pedaço de pano preto, que havia sobrado da decoração e afixá-lo por sobre a pichação.

A ideia de sobrepor pano preto sobre pano preto pichado era boa, mas não haviam pregos, clips, tachinhas ou outro material para o trabalho. Alguém lembrou que havia fita isolante, que sobrara das instalações elétricas. Assim, um pedaço de pano foi afixado por sobre a manifestação anti-governo, pregado com fita preta, isolante. Ficou bom, nem dava para notar, de longe, a não ser quando uma lufada de vento teimava em levantar parte do pano que cobria a pichação.

Uma meia hora depois que começaram os desfiles, o calor do Sol, aliado a um vento mais teimoso e um pouco mais forte, acabaram por derrubar parte da “cortina”. Apareceu “Fora T...” Minutos depois, com o desfile transcorrendo normalmente, uma funcionária foi lá e ajeitou novamente a cortina, cobrindo a pichação. Mas o vento e o calor voltaram a “arrancar” a “cortina” e novamente a funcionária foi lá, arrumar mais uma vez. E foi assim até o fim do evento.

Pichação é crime, circunstância que incomoda ao meio ambiente urbanístico e causa polêmica por afetar a vida de milhares de cidadãos . A Lei nº 9.605/98, tipifica os crimes ambientais, dentre os quais a pichação. O autor, ou autores, do crime, entretanto, não foram identificados, e seu ato, se pretendiam efetuar um protesto, não deve ter surtido o efeito esperado, porque a maioria das pessoas parece não ter percebido o que o olhares mais experimentados, dos jornalistas, perceberam. O público, afinal, não foi ao desfile para ver protesto político de qualquer natureza, mas para comemorar mais um aniversário, o 194º da Independência do Brasil.

 
5703 visitas








Sua Opinião





1 2 >>
  • Por Jorge - 13 Setembro 2016 | 14h48min

    Se todo problema politico tivesse o nome de Dilma seria facil. Sera que as pessoas não enxergam q o Temer era cúmplice e sempre será parceiro do PT. e tudo farinha do mesmo saco, o que vai acontecer agora é só do interesse deles o povo que cuide cada um de si mesmo e bola pra frente. a única maneira de nós mudarmos alguma coisa e mudando -se para outro país. Brasil uma vergonha ..........vota Campo Largo e puxa bastante o saco dos políticos ou melhor enche o tanque de combustível pq se vc não pegar o outro pega.

  • Por ze merenda - 13 Setembro 2016 | 12h13min

    Resumindo , Campo Largo é o cú do mundo . . . .. e ninguém conseguiu dar jeito naquilo , , , se matem . ..

  • Por Ivoni Coelho de Souza - 13 Setembro 2016 | 11h33min

    Faço minhas as palavras do Professor Samuel.

  • Por Oi, eu sou Lula - 13 Setembro 2016 | 08h23min

    Nada a ver professor Samuel. A frase dos petistas e qualquer outro partidário no Brasil é "me engana que eu gosto". Ser partidário no Brasil é uma completa ignorância. Nem mesmo os políticos estão preocupados em partido, querem votos. O pior em CL esse ano é candidatos que estavam se agredindo nas eleições passadas, ofendendo até familiares do outro, e agora estão juntos... Que credibilidade eles têm para pedir voto? Os ignorantes que votem neles assim como os que votaram na Dilma sem saber dos incontáveis vacilos que ela deu. Também não podem reclamar, da mesma forma que votaram na Dilma votaram no Temer e mesmo assim não está bom.... huahuahuahuuah.

  • Por Deçputadinho - 13 Setembro 2016 | 07h38min

    Que bom que esqueceram de mim, esses professores são esquecidos

    :D :D :D

1 2 >>