VERSÃO IMPRESSA
anteriores
EM CAMPO LARGO 12º | 22º
Quarta-feira | 22 de Novembro de 2017 23:39

Festa de aniversário acaba com um baleado na PR 510

O delegado Cassiano Aufiero deve pedir a prisão dos suspeitos, apontados como possíveis autores dos disparos, caso os mesmos não se apresentem para prestar esclarecimentos do ocorrido.

Por: Celio Vigilato

Um homem acabou baleado e socorrido em estado grave, após desentendimento com companheiros de trabalho em uma festa de aniversário, na PR 510 no município de Balsa Nova, na região do Rodeio Chapada, no início da madrugada de domingo (05).

Edemur Custódio, de 31 anos, está internado em estado grave na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital do Rocio, vítima de disparos de arma de fogo, que atingiu sua cabeça e o tórax.

A vítima estava na festa de aniversário de sua chefe, numa chácara nas proximidades do Rodeio Chapada, com familiares e funcionários de uma madeireira. Em determinado momento, a vítima acabou se desentendendo com dois companheiros de trabalho, que segundo informações de testemunhas, estariam alcoolizados.

Durante um bate boca, acabou acontecendo até vias de fatos e ameaças, inclusive de morte. Segundo familiares, a vítima chegou a pedir desculpas, tentando se entender com os parceiros de trabalho, mas acabaram não se acertando.

Os dois desafetos de Edemur, saíram do local em um veículo Meriva prata, logo em seguida ele (Edemur) entrou em seu veículo Chevrolet Cruze e saiu a procura deles. Logo depois os familiares, preocupados com a situação presenciada anteriormente, saíram à procura de Edemur, o encontrando na Estrada de Balsa Nova (PR 510), proximidades do local da festa, baleado dentro de seu carro.

A vítima foi socorrida pelos próprios parentes, que o levaram para o Centro Médico Hospitalar em Campo Largo e de lá foi encaminhado pela ambulância do Samu para o Rocio, onde permanece hospitalizado em estado grave.

O caso foi registrado na segunda-feira (06), na 3ª DRP de Campo Largo, sendo ouvidos inicialmente os familiares e pessoas que presenciaram o ocorrido. Na sequência o delegado Cassiano Aufiero deve pedir a prisão dos suspeitos, apontados como possíveis autores dos disparos, caso os mesmos não se apresentem para prestar esclarecimentos do ocorrido.

4465 visitas








Sua Opinião