VERSÃO IMPRESSA
anteriores
EM CAMPO LARGO 18º | 27º
Quarta-feira | 21 de Fevereiro de 2018 11:47

Suspeitos de ataque aos carros-fortes morrem em confronto com a RONE


Por: Celio Vigilato

Dois suspeitos de participação no ataque aos carros-fortes na BR-376, nas proximidades da Colônia Witmarsum, foram mortos em confronto com equipes da RONE (Ronda Ostensiva de Natureza Especial), na noite desta terça-feira (06), em uma chácara na Estrada Ouro Fino, na região de Queimados em Bateias.

A ação dos marginais que teve início na manhã desta terça-feira (06), no município de Palmeira, quando aconteceu uma grande troca de tiros entre ladrões e os seguranças dos carros-fortes da empresa Proforte, resultando na morte do vereador da cidade de Barra do Jacaré, Elton de Alexandre de Aguiar Matta (PV) e do caminhoneiro Vilson Pereira, de 41 anos. Momentos mais tarde, um suspeito também acabou morto ao trocar tiros com policiais militares, aproximadamente 7 quilômetros do local do ataque aos carros-fortes.

Mortos em Bateias

Após o crime na BR-376, equipes do RONE da Polícia Militar passaram a monitorar a fuga dos marginais, recebendo informações dos moradores por onde passavam os veículos com integrantes da quadrilha. Numa chácara nas proximidades da Águas Ouro Fino, aconteceu o confronto e dois suspeitos acabaram baleados. Uma equipe de socorristas do Corpo de Bombeiros (soldados Sales e Marcos) foram acionados para prestar atendimento aos feridos, mas quando chegaram ao local constataram que os mesmos já estavam em óbito.

Apreensões

Os suspeitos mortos na troca de tiros com a polícia, estavam com um Fuzil, uma Pistola, munições, miguelitos (pregos entrelaçados), várias dinamites, uma toca ninja, três veículos, sendo um Renault Sandero, um Toyota Etios e um Audi, os dois primeiros com alerta de roubo.

O Esquadrão Anti-bombas e os peritos da Criminalística foram acionados e deslocaram-se já no início da madrugada desta quarta-feira (07), para fazer levantamento no local que pode ter sido o "QG" da quadrilha, para organizar o ataque aos carros-fortes.

7444 visitas








Sua Opinião





  • Por Curuja - 07 Fevereiro 2018 | 05h19min

    Este e o tipo do caso que tem que mandar policiais dedo nervoso para caçar os marginais, hoje nós vamos ver a família dos bandidos chorando e nós festando, pena que teve dois inocentes, o lema e bandido bom é bandido morto.