VERSÃO IMPRESSA
anteriores
EM CAMPO LARGO 14º | 29º
Quarta-feira | 20 de Setembro de 2017 08:16

Empresários debatem rumos da política no Brasil

A Acicla trouxe a Campo Largo o advogado Frederico Junkert, que abordou o tema “Brasil e os Desafios Políticos Institucionais” em palestra na última terça-feira (29)

Por: RMedia

A Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Campo Largo – Acicla, mobilizou empresários e figuras públicas na noite de terça-feira (29) para debater os rumos da política nacional. A entidade trouxe a Campo Largo o advogado Frederico Junkert, que abordou o tema “Brasil e os Desafios Políticos Institucionais”. Formado pela USP e com especialização em Direito Constitucional, Junkert trouxe dados históricos que remontam a política brasileira desde os tempos da ditadura militar.

O palestrante ainda fez comparações do Brasil com outras nações, como a Coréia do Sul, por exemplo. Segundo ele, em 25 anos a economia do país saltou espantosamente, ultrapassando a brasileira e colocando os coreanos entre os países mais desenvolvidos do mundo.

Junkert traçou ainda o desastroso envolvimento dos bancos públicos com a iniciativa privada. De acordo com ele, instituições como o Banco Nacional do Desenvolvimento – BNDES, privilegiaram grandes corporações com empréstimos bilionários. Quase 90% dos recursos do banco (que é público) foram repassados para grandes corporações como JBS, Andrade Gutierrez e Odebrecht – “Enquanto isso, as micro, pequenas e médias empresas encontram obstáculos no BNDES para obter empréstimos. Essa disparidade também contribui para o cenário de enfraquecimento da economia”, expõe.

Para minimizar os impactos da corrupção no país, o advogado acredita que é preciso haver também maior envolvimento da classe empresarial na política. “Consequentemente o distanciamento da política pelos empresários ocasionou a tomada do poder por partidos de esquerda como o PT e isso causou severos danos à economia e à vida moral e política nacional”, justifica Junkert.

Para o presidente da Acicla, Juliano Toppel, é necessário maior engajamento da classe empresarial na política. “A Acicla atua na política através de políticas públicas e através de representantes em conselhos públicos, de forma pluripartidária no bem da sociedade e não de forma partidária. Mas é preciso que nós (empresários) possamos discutir mais, participar mais da política para defender a economia, a geração de empregos e por um fim à corrupção”.

Venezuela

Acompanhado de um venezuelano, que busca asilo político no Brasil, Junkert explicou a situação humilhante enfrentada no país vizinho. 90% da população da Venezuela vive na miséria. Falta água, comida e liberdade. “A comida é racionada. O governo estatizou os supermercados e só compra quem tem ligação com o partido do presidente Nicolas Maduro”. Ele faz um alerta: “No Brasil o projeto político de Lula e do PT, caso vença as eleições de 2018, é implantar o mesmo sistema socialista que não deu certo na Venezuela”.

Acicla lança novo site

Na ocasião a Acicla apresentou aos associados seu novo portal na internet. Mais dinâmico, moderno e de fácil navegação, o site contempla todos os serviços da entidade como: consulta ao SPC; geração de boletos online; emissão de Nota Fiscal Eletrônica, entre outros. É possível também visualizar todas as empresas associadas à Acicla.

O site traz também novas opções, como cursos online. A sessão de notícias tem integração total com as redes sociais e passou a contar com atualização constante, através da RMedia Marketing & Propaganda, empresa responsável pela comunicação da entidade.

Outra novidade é a versão mobile. Responsivo (que muda a aparência e as dimensões de acordo com a tela onde é exibido), o site conta com versão para smartphones, facilitando a navegação através dos dispositivos móveis.

586 visitas








Sua Opinião