VERSÃO IMPRESSA
anteriores
EM CAMPO LARGO 18º | 27º
Quarta-feira | 21 de Fevereiro de 2018 12:08

Higiene dos vegetais

Muitas vezes um alimento que aparenta estar em perfeito estado, com aparência e aroma agradáveis, se encontra contaminado por microorganismos, como bactérias que são invisíveis a olho nu e até agrotóxicos, podendo trazer prejuízos a saúde.

Por: Ana Lúcia

Sempre escutamos dizer que para mantermos uma alimentação saudável é necessária a variedade de frutas legumes e verduras, o que é de fato muito importante para a saúde do ser humano, no entanto o que poucos comentam é que como complemento a essa alimentação saudável não devemos deixar de lado a higienização desses alimentos.                                                       

Quem nunca escutou falar sobre alguém que teve intoxicação alimentar? Muitos não sabem que quando não armazenados, conservados e preparados corretamente, obedecendo às regras de higiene, o alimento pode ser responsável pela transmissão de doenças. Muitas vezes um alimento que aparenta estar em perfeito estado, com aparência e aroma agradáveis, se encontra contaminado por microorganismos, como bactérias que são invisíveis a olho nu e até agrotóxicos, podendo trazer prejuízos a saúde.                                                                                             

Alimentos como frutas legumes e verduras necessitam de lavagem e desinfecção apropriadas, especialmente aqueles que forem ser servidos crus:

Antes de tudo é importante preparar o local (pia, cuba, panela e etc.) para se fazer a higienização dos vegetais. Tudo deve estar limpo e desinfetado.

Lavar as mãos com água e sabão freqüentemente, antes de iniciar o preparo dos alimentos e após qualquer interrupção. Não esquecer que certos animais de estimação (cães, pássaros e, principalmente tartarugas), hospedam freqüentemente microorganismos perigosos que podem passar às mãos das pessoas e dessas aos alimentos.

Realizar a seleção, lavagem e desinfecção dos vegetais:

1. Selecionar, retirando as folhas, legumes e frutas danificadas.

2. Lavar criteriosamente em água potável e corrente os vegetais folhosos (alface, escarola, agrião, etc.), folha a folha e as frutas e legumes, um a um; desfolhar as verduras, com a torneira fechada, sempre se lembrando do consumo consciente de água.

3. Colocar de molho, em água clorada, de 15 a 30 minutos, com hipoclorito de sódio (encontrado facilmente em prateleiras de supermercados na sessão de hortifruti), na concentração de 10 gotas em 1 litro de água, ou seguindo a orientação do fabricante; ou outra opção é o cloro orgânico a 2,0 - 2,5% (água sanitária), na diluição equivalente a 1 colher (sopa) rasa em 1 litro de água.

4. Enxágue em água filtrada, eliminando os resíduos flutuantes.

5. Fazer o corte e montagem dos pratos com as mãos bem lavadas.

6. Deixar os vegetais limpos e secos guardados na geladeira, dentro de sacos plásticos próprios para o armazenamento de alimentos, até o momento de servi-los.

É bom lembrar que o vinagre pode também ser utilizado na higienização de hortifrutis, no entanto ele possui apenas a característica de afastar os microorganismos presentes no alimento e não a função de matá-los.

Não necessitam de desinfecção, podem apenas passar por lavagem em água corrente:

Frutas, cujas cascas não são consumidas, tais como: laranja, mexerica, banana e outras, exceto as que forem utilizadas para fazer sucos.

Frutas, legumes e verduras que irão sofrer ação do calor, por exemplo, couve que será refogada.

 

241 visitas








Sua Opinião