02h14 - 02 de Julho de 2015

Saúde

Atrasar menstruação para ficar mais alta pode não funcionar

10-06-2011

As meninas estão menstruando cada vez mais cedo e têm cada vez mais informações sobre o assunto, entre elas, a de que não poderão crescer muito mais depois da primeira menstruação e que adiá-la seria uma forma de ficar mais altas. "Existem protocolos para retardar a menarca. O problema é que as adolescentes ou as suas famílias estão querendo adiar a primeira menstruação por uma questão estética", diz a ginecologista Albertina Duarte.

Coordenadora do Programa de Saúde do Adolescente da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, Duarte diz que tem sido procurada por escolas para falar sobre o assunto. Segundo ela, muitas meninas buscam informações na Internet e tomam medicação sem o conhecimento dos pais.

Abuso

Há formas naturais de retardar a menarca, como praticar exercícios intensos, ter uma alimentação pouco calórica e dormir direito. Outras maneiras envolvem o uso de medicamentos, como progesterona, para impedir a ovulação, ou bloqueadores de gonadotrofina, responsável por disparar a fabricação de hormônios sexuais.

"Hoje, há um abuso de medicamentos à base de progesterona [para adiar a menstruação]", diz Duarte. Não há garantia de resultados, afirma Teresa Cristina Vieira, endocrinologista pediátrica do Hospital Sabará.
"Pode estar na moda, mas não serve para nada. Se a puberdade não for precoce, retardar a menstruação não aumenta a estatura final."

A puberdade é considerada precoce quando chega antes dos oito anos. Hoje, por vários motivos ainda discutidos pelos médicos (obesidade infantil, por exemplo), a primeira menstruação chega mais cedo. "Era, em média, aos 13 anos, hoje passou para os 11. Em algumas meninas, valeria a pena retardar a menarca e ganhar alguns centímetros, mas é exceção", diz a ginecologista Denise Coimbra.

Para o ginecologista Elsimar Coutinho, autor de "Menstruação, a Sangria Inútil" (ed. Gente), o tratamento vale a pena. "Se a menina ganhar dez centímetros na vida, é uma vantagem grande." Para esses casos, ele usa um anticoncepcional implantável, de progesterona. O hormônio começa a ser usado quando surgem sinais da puberdade - brotos mamários e pelos pubianos. "A ideia é adiar a menstruação até os 14 anos. Eu faço muito isso com minhas pacientes.
Principalmente filhas de médicos, porque eles sabem que isso é bom."

Albertina Duarte lembra que se a idade óssea da menina (que pode ser identificada por um raio-X do pulso) já está avançada, nenhum remédio faz crescer.
"Isso pode gerar decepção e depressão. Sem contar que os próprios hormônios do tratamento podem levar a alterações do humor."

 

7928 visitas

Comentários

Fechar
Atenção Internautas: A Folha de Campo Largo não interfere na opinião dos leitores. Os internautas são responsáveis pelos seus comentários, inclusive juridicamente, se for o caso, até porque os comentários ficam gravados por até três meses e, se necessário, é possível identificar o IP, endereço, nome do proprietário da máquina etc. Não existe anonimato. A nossa única interferência é não publicar as opiniões que tenham palavrões e xingamentos preconceituosos, para evitar discussão. Todas as opiniões publicadas, o são, na íntegra, sem modificações, inclusive com os eventuais erros de Português. Só solicitamos aos internautas que utilizem esse espaço para uma discussão sóbria, civilizada e construtiva. A Folha não emite opiniões e nem entra nas discussões dos internautas.
Por Fatima Cristina Gomes Barbosa em 27/04/2015 às 17:42:
olá, gostaria de saber quais os efeitos colaterais que esse medicamento para retardar a menstruação podem causar e quais as indicações?
Por Graziella em 12/03/2015 às 14:28:
Bom Dia, gostaria de saber quais os efeitos colaterais que esses medicamentos para retardar a menstruação podem causar e quais as contra indicações?
Por Kaerina Cruz em 22/07/2013 às 08:46:
Bom dia, gostaria de saber como devo proceder para retardar a ª menstruação da minha filha, ela está com anos, já tem todos os sinais da puberdade. pêlos pubianos, espinhas na testa e brotas mamárias.
Grata pela resposta.
Por Marcia Murad em 02/02/2013 às 20:23:
Gostaria de saber os efeitos colaterais desses medicamentos para atrasar a primeira menstruação bem como se só podem ser administrados por meio de injeções. Quanto tempo este tratamento leva?
Por Maria christiane Barreto Barbosa da Silva em 14/05/2012 às 16:50:
gostaria de saber quais os efeitos colaterais que eses medicamentospara retardar a menstruação podem causar, pois minha filha iniciou desde os sete anos seus sinais de puberdade precose , confirmada pelo médico.
Por Eloiza Mara em 11/04/2012 às 11:43:
Bom Dia, gostaria de saber quais os efeitos colaterais que esses medicamentos para retardar a menstruação podem causar? E quais as contra indicações?

Envie seu comentário:


Vídeos

Grave acidente próximo à Cocel no dia 17 de junho

Últimas Notícias

Grave acidente na BR 277 por volta de 17h10min desta quarta-feira O motociclista Lucas Liça, de aproximadamente 28 anos, está em estado grave. Ele, que é policial militar, transitava pela rodovia no sentido Norte e o caminhão placas ATT1090 de Curitiba atravessou a pista para fazer o retorno, em frente ao Posto Guarani. O motociclista não conseguiu frear a tempo e foi parar embaixo do caminhão, ficando preso nas rodas do caminhão. A vítima foi socorrida pelo Samu e será encaminhada ao hospital. Moradores reclamam do perigo deste retorno, onde sempre acontecem acidentes.
CARTEIRA ENCONTRADA Leitor entrou em contato informando que encontrou uma carteira com os documentos de Vinicius José Cequinel. Favor entrar em contato com a Folha!
Kombi furtada na Benedito Uma Kombi branca, placas AGI 8946, foi furtada nesta madrugada em frente à residência do proprietário, Sergio Luiz Santos, na rua Benedito Soares Pinto, próximo ao Posto São José no Centro da cidade.
Tático prende no Saad homem com mandado de prisão Policiais do Tático prenderam, por volta de 15h15min desta segunda-feira (29), no bairro Saad, um homem com mandado de prisão. Uma equipe do Grupo Tático da Polícia Militar (sargentos Nogueira e Rossi, soldados Leão e Camargo) em patrulhamento na rua José Demétrio Paulista, realizaram abordagem em indivíduo em atitude suspeita, sendo constatado que Ângelo de Oliveira, 32 anos, possuía um mandado de prisão em aberto por roubo agravado. Diante dos fatos, o indivíduo foi encaminhado à 3ª DRP de Campo Largo para providências cabíveis.

Colunistas

Ana Lúcia
Saúde
Andressa
Social
Barbosa
Social
Carioca
Social
Lauro
Esportes
Michele
Educação

Policial

Geral

Esportes

Saúde

Política

Social

Guia Folha


Impressos




Rua Gonçalves Dias, 1127 - Campo Largo / PR
Telefone: (41) 3032-3838