13h08 - 30 de Outubro de 2014

Geral

Feira da Louça

06/09/2012

Com a presença de autoridades municipais, dirigentes de associações de classe, empresários e um grande público, foi aberta oficialmente, na tarde desta Quarta-feira (05), a Feira Nacional da Louça, esse ano em sua 22ª edição, e a 13ª Feira de Decoração, Artesanato e Produtos para o Lar, que se realiza simultaneamente entre os dias cinco e 16 de Setembro, no ginásio Polentão, na Rondinha.

Os organizadores do evento esperam um público superior a 50 mil visitantes, nos 11 dias. Campo Largo é líder nacional na produção de louça e porcelana de mesa, e seus produtos são exportados aos Estados Unidos e dezenas de países da Europa, Austrália, e Oriente Médio.

Campo Largo produz cerca de 90% da porcelana, 50% da cerâmica eletroeletrônica e 30% da louça branca consumidas no Brasil. A Feira da Louça, hoje, é considerada a mais importante feira do setor, no País.  A cada evento anual é maior o número de visitantes, formado em sua maioria por vendedores, lojistas, expositores e consumidores de todo o País e até de países vizinhos.

Abertura

A feira foi aberta pelo prefeito de Campo Largo, Edson Basso, juntamente com o presidente do Sindilouça, José Canisso, e demais autoridades presentes. O padre Osmair Strapasson, pároco da matriz de São Sebastião da Rondinha, fez a bênção da Feira. Em seguida todos foram convidados para visitar os estandes dos mais de 50 expositores, com os últimos lançamentos de produtos em Cerâmica e Porcelana, além de artigos para o lar e produtos artesanais.

A Feira é organizada pelo Sindilouça/PR, o evento tem apoio do APL-Arranjo Produtivo Local da Louça, e patrocínio da Prefeitura Municipal de Campo Largo, FIEP – Federação das Indústrias do Paraná, Fecomércio – Federação do Comércio do Paraná e Compagas. Também recebe o apoio da Incepa, Cocel, Sicoob, Cervejas Klein, jornal Folha de Campo Largo e Rádio Ágape 1.400 AM que, a partir desta edição, passa a transmitir o evento ao vivo, com shows de artistas locais e nacionais.

A Feira estará aberta todos os dias, das 14 às 22 horas, nos dias úteis, e das 10 às 22 horas aos sábados, domingos e feriados. O ingresso será vendido no local, ao preço de R$ 3,00 (crianças até 12 anos e idosos com mais de 60 não pagam). O Sindilouça e os expositores estão distribuindo ingressos grátis, válidos para os dias de semana.

O presidente do Sindilouça, José Canisso, destacou a importância do evento, que a cada ano cresce mais, e defendeu mais apoio do Estado e do Município, para que a indústria da Louça de Campo Largo receba mais atenção do Governo Federal, contra o produto importado da China. “Só sobrevivemos porque temos qualidade e beleza. Quem conhece só compra cerâmica e Porcelana de Campo Largo”, disse. Canisso lembrou que é importante a parceria do setor com a Compagas, porque a indústria da Louça hoje depende desta matriz energética.

 Dentre as demais autoridades presentes na abertura da feira, estavam o vice-presidente do sistema Fecomercio, Ari Faria Bittencourt, o presidente da Compagas, Luciano Pizato, o diretor a Faep, João Luiz Biscaia, o presidente da Associação Brasileira de Cerâmica, Egon Antonio Torres, o diretor do Sindilouça, Otto Klauss Kramer e João Barreto, diretor do Sistema Fiep.
 




 

1787 visitas

Comentários

Fechar
Atenção Internautas: A Folha de Campo Largo não interfere na opinião dos leitores. Os internautas são responsáveis pelos seus comentários, inclusive juridicamente, se for o caso, até porque os comentários ficam gravados por até três meses e, se necessário, é possível identificar o IP, endereço, nome do proprietário da máquina etc. Não existe anonimato. A nossa única interferência é não publicar as opiniões que tenham palavrões e xingamentos preconceituosos, para evitar discussão. Todas as opiniões publicadas, o são, na íntegra, sem modificações, inclusive com os eventuais erros de Português. Só solicitamos aos internautas que utilizem esse espaço para uma discussão sóbria, civilizada e construtiva. A Folha não emite opiniões e nem entra nas discussões dos internautas.

Envie seu comentário:


Vídeos

Campo Largo é a cidade mais atingida pelos temporais do fim de semana (Vídeo RPCTV)

Últimas Notícias

Uma mulher caiu de um jardim de inverno em um restaurante na Des. Clotário Portugal e está em estado grave. Policial informou que um helicóptero deve vir para socorrê-la.
AVISO DE UTILIDADE PÚBLICA - CAMPO LARGO Dano em equipamento pode deixar comprometido o abastecimento em bairros de Campo Largo A Sanepar informa que uma das bombas utilizadas para o abastecimento de Campo Largo quebrou-se. A bomba fica na Elevatória da Estação de Tratamento de Água Itaqui e é responsável por levar água para diversos bairros das partes mais altas da cidade. A equipe de manutenção da Sanepar já está trabalhando para recuperar o equipamento, mas podem ocorrer situações de desabastecimento ou baixa pressão nesta quarta (29/10) e na quinta-feira (30/10/2014). A Sanepar prevê a normalização no abastecimento para sexta-feira (31). Além das partes altas do centro da cidade e do Itaboa, os locais mais atingidos são: Águas Claras, Andreassa, Bom Jesus, Ferrari, Francisco Gorski, Jardim Denize, Jardim Esmeralda, Jardim Miranda, Lamback, Loteamento Bieda, Loteamento São Francisco, Moradias Bom Jesus, Nova Trento, Ouro Preto, Ouro Verde, Partênope, Popular Nova, Popular Velha, Residencial Tiqueto, Rivabem I e Rivabem II, Rua Ema Taner de Andrade, São Marcos e Vila Bancária. Clientes que não possuem caixa-d?água domiciliar podem ficar desabastecidos temporariamente. A Sanepar lembra que, de acordo com norma da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), o cliente deve instalar caixa-d?água com capacidade para atender as necessidades de seu imóvel por, no mínimo, 24 horas. O reservatório domiciliar deve armazenar pelo menos 500 litros. A Sanepar pede a colaboração de todos para que a população utilize a água apenas para serviços essenciais, evitando desperdícios. O Serviço de Atendimento ao Cliente Sanepar é feito pelo telefone 115. Ao ligar, tenha em mãos a conta de água ou o número de sua matrícula. Acompanhe mais informações pelo site www.sanepar.com.br, pelo twitter e pelo facebook.
Estrutura bem organizada no Ginásio da Rondinha para a eleição.
Alagamento também na Avenida do Centenário no final desta tarde. Com a chuva e provavelmente muitos entulhos despejados no Rio Cambuí, o rio transbordou e alagou a região.
Mais leitores que moram próximo ao Condor enviaram fotos do alagamento.

Enquetes

Na sua opinião, qual o principal motivo para tanta violência?

Guia Folha


Impressos




Rua Gonçalves Dias, 1127 - Campo Largo / PR
Telefone: (41) 3032-3838