VERSÃO IMPRESSA
anteriores
EM CAMPO LARGO 18º | 28º
Segunda-feira | 22 de Janeiro de 2018 12:18

Mulher grávida é baleada e escapa da morte por milagre


Por: Celio Vigilato

Uma mulher grávida de 20 semanas foi surpreendida em casa, agredida e levada até a Ponte do Rio Verde, onde levou dois tiros, na noite desta terça-feira (09), por um milagre acabou sobrevivendo e está hospitalizada.

Camila Batista Diniz, de 25 anos, relatou que estava em sua residência na rua José Bianco, no Botiatuva, por volta das 21h30min, quando um veículo Gol preto parou em frente à sua casa e buzinou. Saiu para ver quem era e se deparou com seu ex-namorado, ocorrendo uma discussão que culminou com ele dando uma coronhada na cabeça dela, que acabou desmaiando.

Segundo a vítima, o denunciado a colocou no carro e a levou para a PR 423, proximidades da Ponte do Rio Verde, onde efetuou três disparos contra ela. Um disparo acertou no pescoço, ela caiu fingindo estar morta e ele foi embora. Logo em seguida, mesmo ferida ela levantou e saiu correndo pelo mato, chegando em uma residência na região e pedindo socorro.

O morador imediatamente acionou a Polícia Militar, que deslocou uma equipe no início da madrugada para o local para registrar a ocorrência. Uma equipe médica do SAMU, esteve também no endereço, prestando atendimento à vítima e a encaminhando para o Hospital do Rocio. No hospital foi constatado que Camila levou um tiro na cabeça, mas por milagre o projétil correu por fora do crânio e ficou alojado na nuca. A jovem entrou em cirurgia ainda há pouco.

17474 visitas








Sua Opinião