VERSÃO IMPRESSA
anteriores
EM CAMPO LARGO 18º | 27º
Quarta-feira | 21 de Fevereiro de 2018 11:53

Assinado contrato para construção de 416 unidades habitacionais em Campo Largo

O conjunto habitacional terá recursos do Governo Federal, através do Ministério das Cidades/Caixa Econômica Federal, no montante de R$ 34,112 milhões, e será construído na região da Lagoa

Por: Assessoria Prefeitura Municipal

A Prefeitura Municipal de Campo Largo, a Cohapar – Companhia de Habitação do Paraná e a Caixa Econômica Federal assinaram, na tarde da última quarta-feira (07), o contrato para a construção de 416 unidades habitacionais populares no Município. O conjunto habitacional terá recursos do Governo Federal, através do Ministério das Cidades/Caixa Econômica Federal, no montante de R$ 34,112 milhões, e será construído na região da Lagoa, dentro do projeto global da Cohapar, para construção de residências do projeto Minha Casa Minha Vida 1, em todo o Paraná, em 2018.

Os apartamentos são destinadas à população carente que hoje reside em área de invasão à margem da PR-423, na chamada Vila Tripa, e já está cadastrada na Cohapar e Prefeitura Municipal. O prefeito Marcelo Puppi assumiu toda a negociação, junto à Cohapar, Governo do Estado e Governo Federal, para a liberação da construção das casas em Campo Largo. Em uma viagem a Brasília, acompanhando a governadora em exercício Cida Borghettti, discutiu no Ministério das Cidades a importância da obra, para Campo Largo.

Comemoração

Na solenidade de assinatura do contrato com a Caixa Econômica Federal, o prefeito lembrou todas as dificuldades para a autorização do Ministério das Cidades, para a construção do conjunto habitacional em Campo Largo. Destacou que o Município foi desafiado a conseguir toda a documentação necessária, para a liberação da obra, em tempo recorde, e o prazo vencia no final do expediente do dia sete de fevereiro, duas horas antes da assinatura do contrato. “Era o maior conjunto habitacional do Paraná liberado esse ano pelo Ministério das Cidades. Agora é o maior do Brasil, porque poucos municípios conseguiram cumprir as exigências, no tempo proposto”, explicou.

O prefeito estava acompanhado do vice, Mauricio Rivabem, do presidente da Câmara Municipal, Bento Vidal, e dos vereadores João da Água, Bete Damaceno, Clairton Tummler (Alemão), e Tadeu de Paula, os quais comemoraram a conquista de Campo Largo. O prefeito agradeceu o empenho de todos, dos servidores da Prefeitura Municipal, dos funcionários da Caixa Econômica Federal, em Campo Largo, do cartório, dos vereadores, do deputado Pedro Lupion e do presidente da Cohapar, Abelardo Lupion. “Campo Largo só tem a dizer a vocês, muito obrigado”, explicou. O início das obras é esperado para o final de fevereiro ou início de março.

1253 visitas








Sua Opinião