VERSÃO IMPRESSA
anteriores
EM CAMPO LARGO 16º | 21º
Sábado | 27 de Maio de 2017 08:36

Emagrecer a qualquer custo traz danos à saúde

Dietas muito restritivas podem aumentar ou desencadear a compulsão alimentar.  É preciso perder peso com saúde.

Por: Caroline Paulart com supervisão de Danielli Artigas de Oliveira

07/11/2016

Foto: Divulgação

Com a chegada do verão, vem também a preocupação de muitas pessoas com a balança. Basta entrar em sites de revistas que visam ajudar, incentivar ou até mesmo impor um padrão de beleza, que estão lá as dietas altamente rigorosas e restritivas, que podem ser grandes causadoras de problemas de saúde.

Um exemplo foi uma revista sobre moda, beleza e saúde que trouxe a entrevista com uma atriz global, na qual ela afirmava realizar uma dieta chamada jejum intermitente, que consiste na abstenção de ingestão de alimentos por horas prolongadas, no caso até 23 horas, seguido de uma hora repleta de comidas gordurosas e proteínas.

O endocrinologista André Fuck explica que esse tipo de regime pode transmitir mensagens erradas ao corpo e prejudicá-lo até mesmo em uma tentativa de emagrecimento no futuro. “A saída para a sobrevivência que nosso sistema metabólico e hormonal encontra é reduzir o gasto (como em épocas de crise), e o resultado não se torna sustentável. Nossa taxa metabólica vai aos poucos se tornando reduzida e o resultado é o reganho de peso futuro, apesar de, sem dúvida alguma, existir uma perda de peso no curto prazo.”

O médico diz também que com esses regimes não são queimadas gorduras, mas sim perde-se água e massa corporal magra, além de favorecer o surgimento do efeito sanfona. “Com a perda da maior responsável pela nossa taxa metabólica, a massa magra, o organismo logo acaba respondendo de forma a recuperar o peso perdido rapidamente, pois ninguém consegue ficar em dietas extremas por muito tempo.”

Além disso, Dr. André ainda diz que esse tipo de dieta restritiva aumenta ou desencadeia a compulsão alimentar. “Pessoas que se sujeitam a esse tipo de dieta têm um perfil mais compulsivo por natureza. E isso acaba sendo potencializado pelo fato de essas dietas serem ou muito restritivas ou muito específicas, gerando ansiedade em quem as faz. Por fim, o fato de perderem e ganharem peso rapidamente (efeito sanfona) faz com que se desenvolvam nessas pessoas um perfil patológico que pode ser compulsão alimentar, hábito bulímico, anorexia, entre outros.”

O mesmo alerta vale para as milhares de dietas disponíveis em sites de busca, como a do HCG, dieta do sangue, restrição de consumo de glúten ou lactose sem ser intolerante ou sem indicação clínica, entre outros. “Hoje sabemos que mais de 90% da informação online não é confiável, então deve-se desconfiar de todo tipo de dieta que se descobre dessa maneira. Dietas que prometem resultados rápidos e milagrosos devem ser descartadas imediatamente. Em resumo, emagrecer não é um processo rápido e nem simples. Desconfie quando a dieta oferece esse tipo de apelo”, recomenda.

Emagrecer com saúde
Independentemente de precisar emagrecer muito ou pouco, o primeiro passo para perder peso com saúde é estar motivado, aberto a receber orientações de profissionais e cumpri-las. Segundo o endocrinologista, o emagrecimento é um processo longo e contínuo, que depende de cada organismo e paciente, e cientificamente leva em média entre 10 e 16 semanas para apresentar resultados, em abordagem terapêutica significativa. “É necessário pensar no processo de emagrecimento como algo que será para um bem maior, e não apenas estético. A ideia aqui é melhorar a qualidade e expectativa de vida, além, é claro, da aparência física. Mudança de hábitos é a base do processo e envolve diminuir a carga de estresse, aumento de atividade física, reeducação alimentar, autoconhecimento, melhora do sono, entre outros.”

Quem pretende emagrecer deve ser acompanhado por uma equipe multidisciplinar, pois, de acordo com o Dr. André, todo esse processo envolve um trabalho psicoterápico de mudança comportamental, e não simplesmente seguir uma dieta e acreditar que todos os problemas com o peso serão resolvidos dessa maneira.

Mais informações pelo (41) 3292-2846.
 

2721 visitas








Sua Opinião